domingo, 31 de outubro de 2010

E a esperança continua...

Após quatro meses de campanha, finalmente chegou ao fim as eleições, elegendo Dilma Rousseff a primeira presidente mulher do Brasil. Com uma campanha cheia de tropeços, um tiro certeiro foi dado, a de vincular a imagem de Dilma na do presidente Lula para determinar continuidade, já que a popularidade de Luiz Inácio chega a 82% de aprovação nesse final de mandato. Deslizes à parte, a democracia foi feita, se o povo brasileiro elegeu certo é outro assunto, se o país vai melhorar na saúde, educação, segurança... é outro, se a desigualdade social vai diminuir, tenho minhas dúvidas. A única coisa que tenho certeza é que a esperança continua.

2 comentários:

  1. Realmente,temos que ter esperanças vivas,afinal,dependemos de políticos decidindo o que podemos e devemos fazer.
    Muito boma Dilma acertando o Tucano!
    Simone

    ResponderExcluir
  2. É, a esperança continua. Esperança é bicho que nunca dorme. Tá sempre acordada, esperando, esperando. Não tem sono e nem político que a derrube. E com ela, esperemos...

    ResponderExcluir

Veja também: